fbpx

Crédito à economia volta a cair em Setembro pelo quarto mês consecutivo

0
551

O ‘stock’ do crédito à economia em Moçambique caiu em Setembro para 289.105 milhões de meticais, a quarta queda mensal consecutiva após o pico registado em Maio, segundo dados oficiais.

De acordo com um relatório estatístico do Banco de Moçambique, a que a Lusa teve na segunda-feira, 20 de Novembro acesso, o crédito à economia concedido pela banca tinha subido em Maio para o máximo de 298.182 milhões de meticais, mas desde então que está em queda.

Em Agosto, esse montante cifrava-se em 295.155 milhões de meticais, sofrendo assim a maior queda do ano em Setembro, equivalente a uma redução do ‘stock’ em 2%.

A maior fatia do crédito à economia em Setembro continuava a ser o que diz respeito a particulares, que se cifrava em 83.370 milhões de meticais, que continua a crescer mensalmente e que aumentou 22,6% no espaço de um ano, face aos 67.979 milhões de meticais em Setembro de 2022.

Já o comércio viu o total de crédito concedido reduzir ligeiramente no último ano, para 30.137 milhões de meticais no final de Setembro último, enquanto à indústria transformadora recuou quase 20%, para 28.522 milhões de meticais.

Segundo dados do banco central, funcionam em Moçambique 15 bancos comerciais e 12 microbancos, além de cooperativas de crédito e organizações de poupança e crédito, entre outras.

SUBSCREVA O.ECONÓMICO REPORT
Aceito que a minha informação pessoal seja transferida para MailChimp ( mais informação )
Subscreva O.Económico Report e fique a par do essencial e relevante sobre a dinâmica da economia e das empresas em Moçambique
Não gostamos de spam. O seu endereço de correio electrónico não será vendido ou partilhado com mais ninguém.

Comentários