fbpx

Reabilitação da N1 reduz de doze para cinco horas a viagem no troço Inchope-Caia

0
234
  • Reduziu de doze para cinco horas o tempo de viagem no troço Inchope/Caia, na província de Sofala, na Estrada Nacional Número Um – N1, com a recente reabilitação de cerca de 300 quilómetros da rodovia. 

A informação foi partiIhada pelo Ministro das Obras Públicas, Habitação e Recursos Hídricos – MOPHRH, Carlos Mesquita, tendo referido que, neste momento, as equipas continuam no terreno a dar a atenção necessária. 

Mesquita afirmou que existem, ao longo dos cerca de dois mil quilómetros desta estrada, vários troços críticos com destaque para Inchope/Casa Nova, Muxúngue/Save para os quais já foram lançados os concursos para adjudicação das obras de melhoramento. 

Precisou que foram, igualmente, adjudicados os trabalhos de emergência entre rio Save e Casa Nova visando o melhoramento do tráfego rodoviário, cujas obras deverão estar concluídas dentro de dois meses.

O ministro informou que os trabalhos de preparação da reabilitação do troço Metoro/Pemba estão a decorrer normalmente, sendo que já foi contratado o consultor para desenhar o projecto. 

“O processo de contratação do consultor com o Banco Mundial já terminou e neste momento estão a ser preparados documentos do projecto conceptual e do concurso da empreitada”, disse.  

Outros trabalhos no troço Benfica/Zimpeto e 3 de Fevereiro/Incoloane, tal como indicou, deverão ser financiados pela Arábia Saudita. 

A instituição está, também, numa fase adiantada de estudos para a reabilitação na rodovia na zona de Macomia para ligar-se a Roma/Negomano, já reabilitada. 

Já iniciaram, há cerca de duas semanas, as obras de reabilitação dos troços Roma/Moeda e Macomia/Sonate. 

“A melhoria na N1, entre os troços Save/Muxúngue/Casa Nova, é uma vitória para a segurança e eficiência no tráfego. Podemos afirmar que as obras de emergência nesta parte, numa extensão de 125 quilómetros, finalmente, arrancaram”, disse. 

O empreiteiro já está em acção, removendo os obstáculos e reconstruindo a base com uma técnica que vai garantir a segurança e a fluidez do tráfego

SUBSCREVA O.ECONÓMICO REPORT
Aceito que a minha informação pessoal seja transferida para MailChimp ( mais informação )
Subscreva O.Económico Report e fique a par do essencial e relevante sobre a dinâmica da economia e das empresas em Moçambique
Não gostamos de spam. O seu endereço de correio electrónico não será vendido ou partilhado com mais ninguém.

Comentários